Dicas gerais e roteiros Vistos / Imigração

Tipos de vistos mais comuns para a Austrália

Portadores de passaportes brasileiros podem solicitar vários tipos de vistos para Austrália.

Eu vou dar uma idéia geral sobre os vistos mais comuns para quem tem passaporte brasileiro.

Lembre-se de que cada caso é um caso. Se você precisar de ajuda com vistos de estudantes nós podemos te auxiliar (CLIQUE AQUI) .

*Clique no nome do visto para saber mais direto do site da imigração.

Visitante (600)

O visto de visitante/turista está disponível para pessoas viajando para a Austrália à passeio, férias, para visitar familiares ou amigos ou para viagens a negócio. Tratamento médico não se encaixa nesse visto.

O visto pode ser de 3, 6 ou 12 meses. Você pode aplicar para este visto online.

A imigração pode pedir a comprovação de fundos para sua viagem, também podem pedir para você dizer o que veio fazer aqui e a sua programação, se você está visitando alguém da sua família podem pedir uma carta de convite e também podem pedir o seguro de viagem.

Você não pode trabalhar ou estudar no visto de turista.

Visto de Estudante (500)

O visto de estudante australiano normalmente é o visto de entrada mais comum para os brasileiros que desejam passar um período na Austrália. Isso se deve ao fato que esse visto permite que o estudante possa trabalhar enquanto estuda e também estar acompanhado por membros da sua família, como cônjuge e filhos. 

Desde 2017, o governo australiano unificou todos os vistos de estudantes em apenas uma categoria, a subclasse 500, independente do tipo de curso que você irá cursar, desde cursos de inglês, até uma pós-graduação. 

Aplicando para o visto de estudante estando fora da Austrália, normalmente você tem que pagar adiantado o valor total do seu curso e quando você renova daqui da Austrália você pode pagar a escola por termo.

O visto permite que você fique na Austrália pela duração do seu curso e mais um mês de férias para cursos até 10 meses e dois meses de férias para cursos maiores que 10 meses. Caso seu curso tenha mais de 10 meses e termine em novembro ou dezembro, o seu período de férias pode ser estendido até 15 de março do ano seguinte. 

Quais os requisitos?

-Antes de aplicar para o visto você tem que ter sido aceito em uma instituição de ensino da Austrália. Após aplicar, ser aceito e pagar por seu curso, você vai receber um comprovante de matrícula oficial (CoE), que é necessário para a aplicação do visto.

-Você tem que demonstrar que tem a intenção de ficar na Austrália temporariamente e demonstrar que tem vínculos com o Brasil. Para isso, você tem que escrever uma carta de intenções explicando porque você quer vir para a Austrália. 

-Para o primeiro visto aplicado de fora da Austrália, você pode ter que comprovar um suporte financeiro para os primeiros 12 meses na Austrália. Para um visto de estudante individual , a média é de A$1700 por mês de visto. A imigração pede o extrato dos últimos 3 meses da aplicação pro visto, o valor deve estar na conta durante os 3 meses e não somente no último mês.

-Para renovação, normalmente a imigração não solicita evidências de suporte financeiro, mas poderá ser solicitado durante o processo de análise. 

-Também tem que fazer um seguro de saúde obrigatório para todo o tempo de visto, o OSHC. Tanto para o primeiro visto quanto para a renovação.

-Se o período na Austrália for maior que 6 meses, a imigração deverá solicitar exames médicos para poder emitir o seu visto. 

Direitos e Deveres do Visto?

-Você pode trabalhar até 40 horas por quinzena enquanto estiver estudando e sem limite de horas quando estiver de férias da escola.

-Se você estiver fazendo um mestrado por pesquisa ou doutorado, não há limite de horas de trabalho. 

-Se você tiver um cônjuge como dependente do seu visto, ele(a) poderá estudar somente por até 3 meses e terá as mesmas limitações de trabalho que você tiver a não ser que você esteja estudando Mestrado, assim o dependente pode trabalhar full time. 

-Você não pode começar a trabalhar antes do seu curso começar.

-Você tem que manter sua frequência e aproveitamento no nível exigido.

-Você pode entrar e sair da Austrália quantas vezes for preciso contanto que seu visto esteja dentro da validade.

Working Holiday (417) e Work and Holiday (462)

Os vistos 417 e 462, na verdade, ainda não estão disponíveis para portadores do passaporte brasileiro. A Austrália vem negociando com o governo brasileiro há alguns anos para também incluir o Brasil na lista de países que possuem direito de ter esses vistos. Caso ocorra, é mais provável que o Brasil seja incluído na lista do Work and Holiday (462), como já ocorre em alguns países da vizinhos, como Argentina, Uruguai e Chile. No entanto, até o momento não há previsão para que isso ocorra.

De qualquer forma, como há muitos brasileiros com dupla cidadania, essa pode ser uma opção bem atraente.

Os dois vistos possuem a mesma intenção, que é permitir que jovens desses países possam vir para Austrália para trabalhar por 12 meses, podendo ser renovado mais duas vezes com algumas condições. A diferença entre os dois vistos está somente nos pré-requisitos, de modo que o 417 tende a ser fácil de se conseguir, uma vez que não é necessário apresentar teste de proficiência de inglês e não é limitado (não há uma quota máxima anual de solicitantes por nacionalidade), fatores que dificulta mais para quem solicitar o 462. 

O que preciso para o visto?

-Você pode aplicar para o Working Holiday (417) se você tiver o passaporte de um dos países: Alemanha, Bélgica, Canadá, Chipre, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Holanda, Hong Kong, Irlanda, Itália, Japão, Coréia do Sul, Malta, Noruega, Suécia, Reino Unido e Taiwan.

-Você pode aplicar para o Work and Holiday (462) se você tiver o passaporte de um dos países: Argentina, Austria, Chile, China, Equador, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, Grécia, Hungria, Indonésia, Israel, Luxemburgo, Malásia, Peru, Polônia, Portugal, República Checa, San Marino, Singapura, Tailândia, Turquia, Uruguai, e Vietnã.  

-Ter entre 18 e 30 anos (ou até 35 anos para Canadenses, Franceses e Irlandeses). 

-Comprovar que você pode se manter financeiramente na Austrália (em torno de $5000).

-Para o Work and Holiday (462), deverá apresentar teste de proficiência de inglês, com nível funcional (Mínimo de 4.5 no IELTS, 32 no TOEFL, 147 no CAE ou 30 no PTE). 

-A aplicação dos dois vistos pode ser feita online, pela ImmiAccount. 

Quais são os meus direitos?

-Esses dois vistos tem a finalidade de promover o intercâmbio cultural de jovens.

-Você  terá o direito de viver e trabalhar sem restrições de horas na Austrália por 12 meses, sendo no máximo 6 meses com o mesmo empregador.

-Você pode estudar no máximo por 4 meses.

-Você pode entrar e sair da Austrália quantas vezes forem necessárias contanto que seu visto ainda esteja válido.

-Você pode aplicar para mais um ano de visto contanto que tenha trabalhado por pelo menos 3 meses em trabalhos específicos em certas regiões da Austrália (trabalhos como colheita, mineração, construção e outros). Se quiser renovar por mais uma vez, terá que comprovar 6 meses de trabalhos específicos. E você deve aplicar para a renovação antes do visto terminar e só se pode renovar duas vezes. 

Visto de graduação temporária (485)

Esse visto te dá o direito de viver, estudar e trabalhar na Austrália depois que você terminou seu estudo de nível superior.

O visto tem duas classificações:

Graduate Work – para estudantes internacionais recém graduados e com qualificações relacionadas às ocupações na lista SOL (Skilled Occupation List ) . Esse visto te dá 18 meses de residência permanente na Austrália. Ex: Diploma de pelo menos dois anos em uma área em demanda na Austrália.

Post-Study Work – para estudantes internacionais recém graduados em qualquer curso de nível superior feito na Austrália que atendem os requisitos de duração da imigração. Esse visto pode te dar até 4 anos de residência temporária na Austrália dependendo da sua qualificação.

Quais os requisitos?

– Ter menos de 50 anos de idade.

– Você tem que estar em um visto de estudante.

– Ter pelo menos nota 6 no IELTS, 64 no TOEFL, ou B no OAT. (Exames de inglês. Válido por 3 anos).

– Você tem que ter feito seu curso até 6 meses antes da aplicação do visto. O curso deve ter sido feito na Austrália, em inglês e de duração mínima de 92 semanas. O curso também deve ser registrado no CRICOS.

– Para o Graduate Work você tem que fazer o Skill Assessment.

– Enviar o certificado de antecedentes criminais.

– Passar por exames médicos.

Quais os meus direitos?

-Você terá direito a uma residência temporária com a duração do visto onde você pode viver, estudar e trabalhar na Austrália sem restrições.

-Você é responsável por conseguir seu emprego.

Visto Temporary Skill Shortage (TSS) (482) – conhecido como novo Sponsor visa

Este visto permite que o trabalhador venha para a Austrália para trabalhar para uma empresa autorizada por até 4 anos.

Desde março de 2018, o visto 457 foi abolido e substituído pelo visto TSS (Subclasse 482). No geral, essa mudança ocorreu com o intuito de dificultar o processo de ser “patrocinado” por um empregador. 

O visto TSS 482 tem duas principais classificações:

Curto prazo: permite trabalhar na Austrália por até 2 anos para uma empresa patrocinadora. A empresa deverá te nomear para ocupar uma posição de trabalho que esteja na Lista de Ocupações Qualificadas de Curto Prazo (STSOL). O visto poderá ser renovado uma vez por mais 2 anos. No geral, não há direito a residência permanente ao terminar o visto (com poucas exceções).

Médio prazo: permite trabalhar na Austrália por até 4 anos para uma empresa patrocinadora. A empresa deverá te nomear para ocupar uma posição de trabalho que esteja na Lista de Habilidades Estratégicas de Médio e Longo Prazo (MLTSSL). Após 3 anos de trabalho na mesma ocupação e para o mesmo empregador, se tiver menos de 45 anos, você poderá solicitar a residência permanente. 

Quais os requisitos?

– Ser nomeado por uma empresa patrocinadora (autorizada pelo governo australiano).

– Ter ocupação que esteja na Lista de Ocupações Qualificadas de Curto Prazo (STSOL) para o visto de curto prazo, ou na Lista de Habilidades Estratégicas de Médio e Longo Prazo (MLTSSL) para o visto de médio prazo.

– Ter pelo menos 2 anos de experiência nessa ocupação. 

– Comprovar skills para a vaga selecionada.

– Ter os registros e licenças necessários.

– Ter pelo menos nota 5 no IELTS, 35 no TOEFL, ou B no OAT. (Exames de inglês. Válido por 3 anos).

– Enviar o certificado de antecedentes criminais.

– Passar por exames médicos.

Quais os meus direitos?

– Você pode entrar e sair da Austrália quantas vezes forem necessárias. Contanto que seu visto esteja dentro da validade

– Poderá trabalhar apenas na ocupação para a qual seu visto foi aprovado. Para trabalhar em uma ocupação diferente, você deve solicitar e obter um novo visto TSS

– Poderá trabalhar apenas para o empregador que te patrocinou (há algumas raras exceções)

– Você poderá adicionar membros familiares como seus dependentes desse visto, que poderão estudar e trabalhar sem restrições. 

Skilled Independent Visa (189)

Este visto te dá residência permanente para viver e trabalhar na Austrália.

Você tem que passar por um teste de pontos e ter o mínimo de pontos exigido para aplicar para uma Expressão de Interesse (EOI) e esperar ser convidado para finalmente aplicar para o visto. Quando for convidado você tem 60 dias para enviar todos os documentos da aplicação.

O convite acontece sempre no dia 11 de cada mês. Seus dados vão ficar no banco de dados por 2 anos e você pode ser convidado a qualquer momento, assim como pode não ser convidado se o número de vagas for menor do que o número de candidatos.

Quais os requisitos?

– Não ter mais do que 45 anos de idade

– Ter a profissão na lista de profissões em demanda (SOL)  . (você tem que conferir os requisitos para a sua profissão. Normalmente é exigido pelo menos a graduação na área ou 3-5 anos de experiência comprovada na área podem substituir a graduação)

– Fazer o skills Assessment

– Ter o mínimo de pontos exigidos. Como normalmente o número de vagas é maior que o número de candidatos, o critério de desempate é o número de pontos.

– Exame de inglês. Você tem que ter no mínimo 6 no IELTS ou B no OET mas se tiver 8 ou mais no IELTS e A no OET seus pontos irão aumentar.

Quais os meus direitos?

– Este visto é um visto de residência permanente e te dá o direito de ficar na Austrália por tempo indefinido

– Você pode trabalhar e estudar na Austrália sem restrições

– Você pode “sponsorar” alguém para vir para Austrália (partner, filhos, pais)

– Você pode aplicar para cidadania australiana após 4 anos de moradia no país, em que pelo menos 1 ano seja como residente permanente. 

– Você tem direito ao Medicare (plano de saúde australiano) e a vários outros benefícios do governo.

Skilled Work Regional (provisional) Visa (491) e Skilled Regional (Residence Visa) (887)

Este visto tem praticamente os mesmos requisitos do Skilled Independent Visa.

Além da lista SOL cada estado tem sua própria lista com profissões em demanda especificamente para aquele estado. Assim se você aplicar para o visto 489 você tem que obrigatoriamente trabalhar naquele estado.

Você ganha alguns pontos extras se aplicar para o Regional. Após dois anos morando na área designada e um ano trabalhando full time, você pode aplicar para o 887 que é a residência permanente.

Partner Visa onshore (820 e 801) e Offshore (309 e 100)

Os vistos têm praticamente os mesmos requisitos mas o visto 820 é para quem vai aplicar de dentro da Austrália e o 309 é para quem vai aplicar fora da Austrália. No geral, o partner visa é composto de um visto temporário (820 ou 309) e um visto permanente (801 ou 100).

Se o visto for concedido antes de 24 meses após a aplicação, você receberá um visto temporário. Após 24 meses, você poderá solicitar o visto permanente. 

Você tem que esperar a decisão do visto de onde você aplicou. Se aplicar de dentro da Austrália, você receberá um Bridging Visa, que estará válido durante o processo de análise do visto principal. O Bridging Visa é um visto de “espera” caso você não tenha um visto válido pra ficar na Austrália.

A média de espera para a decisão é de 20-25 meses.

Se você estiver no Bridging Visa e precisar sair do país, você terá que pedir uma autorização para viajar.

A aplicação pode ser feita para casais do mesmo sexo.

Informação importante sobre o Bridging Visa:

Suponha que seu visto de estudante ainda vale por mais 18 meses. O Bridging Visa é pra quem não tem um visto válido poder esperar a decisão do visto que está aplicando, então como seu visto ainda está na validade, você tem que continuar cumprindo com as regras do visto de estudante (se esse for seu caso).

O tempo médio de espera para o visto de residência temporária (820 ou 309) é de 20/25 meses. Depois de 24 meses da sua aplicação, você vai poder aplicar pro visto de residência permanente. Caso o tempo de espera estrapole os 24 meses, o visto permanente (801 ou 100) é emitido diretamente. 

Caso contrário, a imigração te manda um email dizendo que você pode aplicar e você tem que enviar vários formulários e provas de que ainda estão juntos, mas não precisa pagar nenhuma taxa novamente. 

Quais são os requisitos?

– Estar em um relacionamento genuíno com um cidadão australiano ou residente permanente da Austrália ou um cidadão elegível da Nova Zelândia.

– Você precisa estar morando com o seu parceiro por pelo menos 12 meses antes da aplicação do visto. Em alguns casos você não precisa comprovar os 12 meses: se forem casados oficialmente; se tiverem feito o registro de relacionamento (União Estável) na Austrália (não é possível fazer o registro em todos os estados), e/ou se tiverem filhos.

– Você tem que comprovar que dividem as despesas, que a relação é genuína (enviando fotos, cartões, pelo menos duas cartas de testemunhas, além de qualquer outra evidência que possa ajudar).

– Você tem que fazer exames médicos.

– Você tem que enviar dois certificados de antecedentes criminais (estadual e federal) de todos os lugares que você morou por mais de 12 meses nos últimos 10 anos. Se estiver na Austrália, o certificado de antecedente criminal australiano também deverá ser enviado. 

Quais são os meus direitos?

– Assim que você receber o Bridging Visa você tem direito ao Medicare. 

– Você pode estudar e trabalhar na Austrália sem restrições.

– Com o visto temporário você não tem direito aos subsídios do governo para estudar mas em algumas escolas você deixa de pagar como estudante internacional.

– Assim que o visto for aprovado você pode entrar e sair da Austrália quantas vezes forem necessárias.

Últimas considerações:

Essas são informações gerais sobre os vistos mais comuns, assim você pode ter uma idéia geral sobre qual visto poderá se encaixar.

Essas informações podem ser encontradas no próprio site da imigração e foram somente traduzidas e organizadas de uma forma fácil de entender. 

Se você quiser aplicar para um dos vistos de estudante, a Tagarela pode te ajudar em todo processo e te dar assistência quando você já estiver na Austrália. Peça seu orçamento para o visto de estudante agora sem nenhum compromisso!

 

Precisa de ajuda com o seu Visto? Entre em contato conosco da Tagarela Intercâmbios.

oceania@tagarela.com.au

Banner Manual Intercambista
Promo Sydney
Promo Melbourne
Promo Casal Adelaide
Banner Ebook Adelaide 1
Banner Abrir Conta
Promo Casal Sydney
Promo Adelaide

Sobre o autor

Marina Abreu Silva

Marina (Nina) mora em Sydney desde 2010. É barista, baterista, developer, blogger e agente educacional. Trabalha com intercâmbios e criou o site Tagarela pra ajudar outros brasileiros que tem a intenção de visitar, morar ou migrar para Australia.

34 Comentários

  • Olá!
    Meu namorado está tentando o visto 189 para Australia. Caso ele consiga, poderei ir depois como partner para estudar inglês e, futuramente, quando ele conseguir a cidadania australiana, esta cidadania vale para mim também?!

  • Boa noite Marina, tive um visto negado pra os EUA com o passaporte Brasileiro ,as irei aplicar pro 417 com o Italiano, existe alguma chance do visto ser reprovado ( pois ja tive um Visto negado) , ja morei na Australia Como estudante em 2015 com o passaporte Brasileiro.

  • Marina tudo bem? I hope so. Voce saberia informar-me se ainda existe o visto para aposentados (retired) pois tenho 55 anos e estou nessa condição. Gostaria de morar alguns bons anos aí. Já visitei a Australia como turista mas gostaria de vivenciar o país por um longo periodo. Voce tem alguma informação para repassar-me. Grato e sucesso crescente.

    • Oi Wanderlei, tudo bem?

      Que eu saiba não tem esse visto. Você poderia vir se fosse pai de alguém que é residente permanente da Austrália, mas não por conta própria.
      Acredito que no seu caso, poderia vir como turista ou no visto de estudante mesmo. Mas conseguiria ficar um período menor e não permanente.

      Abraço!

  • Mariana boa noite,
    sabe me informar se uma pessoa se separa hoje…pode em alguns meses recomecar um novo relacionamento e casar mesmo sem antes ter o divorcio? pq ela ainda de fato e casada so nao vive maritalmente, vive na mesma casa ainda por questoes de filhos e a situacao financeira no momento, algo amigavel entre eles.

    no caso de eu ir como estudante , e puder casar , o ideal seria aplicar que visto antes do final do visto de estudante? o spouse visa ?
    no caso se casar nao preciso comprovar a moradia mas , temos outros vinculos , inclusive amigos autralianos.

    Quanto a voltar pra Australia vai ser outra lenga lenga,,,,outro visto, riscos, uma vez que ja fui e voltei…tive que voltar antes do tempo pois minha mae adoeceu e eu tinha coisas pra resolver aqui em foruns na qual ela era minha procuradora.

    sera que consigo voltar?\
    se puder por favor me mande um email
    precisamos mt de ajuda.

    • Não pode casar sem ter divórcio.

      Eu não entendi muito bem a situação. São dois brasileiros?
      Spouse Visa é pra quem está em um relacionamento com uma pessoa residente da Austrália e só pode ser aplicado de fora da Austrália.
      Se terminar o visto de estudante, você pode aplicar pra outro visto de estudante ou outro visto. Tem que estudar o caso.

      Envia um email para oceania@t2tagency.com explicando melhor a situação.

  • Olá Marina, meu nome é Marcelo do Vale, pesquisando informações sobre vistos para Australia, encontrei seu blog, que por sinal é muito bom, parabéns! Gostaria de saber se você tem a informação se o visto 489 tem benefícios para utilizar a saúde pública e escola pública sem custo. Minha esposa e elegível para o visto 489, mas temos um filho de 4 anos e sem benefício da saúde e escola, não rola! Desde já agradeço sua atenção!

    • Oi Marcelo,

      Tudo bem?

      Essa informação é melhor checar com um agente de imigração ou entrar em contato com o departamento de imigração. Não sei com certeza.
      Mas eu acredito que tenha direito ao Medicare sim e escola pública. Lembrando que mesmo assim não é exatamente de graça.

  • Olá Mariana tudo bom? Estou aplicando para o visto de Working Holiday por ter passaporte Italiano. Pretendo ficar um ano por aí. Sou gay e estou noivo, gostaria de saber se é possível levar meu noivo como partner dependente com esse visto!

    Muitoo obrigado!

  • Querida Marina, adorei sua postagem.
    Meu caso se aplica ao visto 417 ; Você saberia me dizer se tenho acesso ao sistema público de saúde pelo fato de ser cidadão italiano? Obrigado.

  • Ola Marina, tudo bem?

    Minha esposa é Francesa e eu sou brasileiro. Nós casamos recentemente. Gostaria de saber se é possível viver na Austrália com ela. Uma vez que o passaporte Francês tem muitos beneficios.

    Muito obrigado

  • Ola Marina tudo bem?
    Sabe me dizer se eu ficar 5 anos como estudante, se soh pelo tempo morando no pais, seria possivel aplicar para residencia?
    Obrigado
    Moro em Perth

  • Olá! Muito bom!
    Eu e meu marido queremos ir para Austrália em 2017 para estudar inglês.
    Ele meu marido irá com visto de estudante que permite trabalhar 20 horas, eu iria como dependente, a minha dúvida é : Eu com visto de dependente, depois que estiver ai, decidir estudar, eu posso? E poderei trabalhar também ? Por quantas horas ?

    Obrigada

  • Ola Marina, em setembro estou indo morar em Sydney, apliquei o visto Working Holiday Visa, por ter cidadania italiana, porem estou procurando um seguro saude, e os que vi aqui nos sites sao no valor de quase 1000 dolares AUS, sabe algum mais em conta ou são esses valores mesmo?

    Muito bom o seu site!

    Agradecido.

    • Oi Gabriel, Obrigada! =)

      Se você morou na Itália e tem seguro saúde de lá, você pode aplicar para o Medicare da Austrália que vai cobrir seus primeiros 6 meses.
      Mas não basta só ter o passaporte, acho que eles pedem um endereço da Itália e identidade, algo assim. Porque é um acordo entre os dois governos.

      Mas se quiser contratar um seguro privado, dá uma pesquisada no : Allianz, Bupa e Medibank. Mas o valor vai ser por aí mesmo.

  • Marina, Boa noite, tenho o sonho de morar na Australia (permanente) e estarei indo para ano que vem com o viso de estudante. Sou gay e vi agora que pelo seu post que casais do mesmo sexo podem aplicar para o visto de partner, mas vi também lendo noticias que o casamento gay não é liberado na Australia. Saberia como funciona nesse caso? Conhece algum caso? Muito obrigado, adorei o site!

    • Oi Murilo, tudo bem?
      Casamento gay não é permitido ainda. Mas podemos fazer um registro de relacionamento no cartório, como uma união estável, e isso serve para a comprovação do visto. E muitas vezes nem precisa, para comprovar para a imigração você pode provar que moram juntos por pelo menos 12 meses. Também serve.
      É bom analisar cada caso, entender melhor, mas temos os mesmos direitos de um casal heterosexual <3

      Me adiciona no Facebook, temos um grupo LGBTQI de brasileiros na Austrália. Beijo

  • Ooi Marina, tudo bem?
    Estava lendo seu post, e me surgiu uma dúvida. Eu tenho passaporte Polonês, então eu teria direito ao Work And Holiday (462), mas.. será que ele vale só para 1 ano mesmo ou eu conseguiria estende-lo?

  • Ola Marina, sou PR na Australia e ja vivo em Perth por 5 anos e tenho que aplicar para o meu citizenship
    tenho 32 anos e tenho uma bebe de 1 ano, pai australiano, estamos separados e me sinto muito sem apoio e queria muito que minha irma gêmea viesse morar aqui comigo, ela tem uma filha de 14 anos, tem agem visto or forma de traze-las permanente para morar comigo?

    Grata,

    Bruna

    • Oi Bruna, sinceramente não tenho 100% de certeza mas acredito que ela tenha que achar um visto que ela se encaixe e não teria benefícios por ter uma irmã aqui.
      O melhor a fazer é ela entrar em contato com um agente de imigração para analisar o caso dela e ver o que pode ser feito.

      Boa sorte!

  • Tenho família 2 filhos e esposa,quero saber como fica o processo para visto de estudante,para levar a família e sem têm como ir com visto de turista e mudar quando chegar na Austrália .

  • Olá. Estou aplicando para uma universidade particular com o intuito de fazer mestrado na Austrália no ano que vem. Vou solicitar o visto 574 porém a instituição de ensino informou que eu só tenho direito de trabalhar part-time durante o curso. Mas pelo que você informa eu teria permissão de trabalhar full time.
    Fiquei confuso agora, consegue me explicar melhor.

    Obrigado.

    • Se você clicar no link do visto 574 vai ver que no site da imigração diz:
      “you can work unlimited hours once you commence your course”

      Pode ser que seu curso vai ser durante o dia ou integral e por isso eles disseram que você não vai conseguir trabalhar full time. Seu visto vai realmente ser o 574?
      Se tiver dúvidas entre em contato com a imigração.

  • Olá, na Austrália existe algum correspondente do americano OPT (Optional Practical Training)*?
    *Licença do governo americano que permite aos estudantes internacionais que estudaram pelo menos 9 meses a nível universitário (especialização por exemplo) terem a oportunidade trabalhar por 1 anos após o término do seu estudo).
    Fonte: http://www.uscis.gov/eir/visa-guide/f-1-opt-optional-practical-training/understanding-f-1-opt-requirements

    Obrigado.

Deixe seu comentário

13 + quatro =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.