Dicas gerais e roteiros

Guia de sobrevivência do intercâmbio na Austrália

Publicado por Ligia Ruy

Você muda de país e tudo é diferente. Parece que da noite pro dia você precisa se tornar um adulto responsável. Contas pra pagar, casa pra limpar, não depender de ninguém. Como tudo na vida, essa liberdade tem suas vantagens, mas com ela vêm as responsabilidades. Somando ainda o fato de que estar longe de casa, em um país com uma língua diferente e onde tudo e novidade. Parece complicado? Mas é simples, só precisa de um pouco de organização. Confira as nossas dicas e se jogue no intercâmbio, essa experiência maravilhosa!

 

DIVIDIR CASA

2014-36_friends_cast_poker1-1080x748

Muito provavelmente você vai dividir casa na Austrália e conviver com os famosos flatmates. Primeiro porque o aluguel para morar sozinho(a) é caro. Depois, porque é muito melhor ter uma companhia pra todas as horas. Mas existem algumas regras e dicas de convivência que devem ser seguidas para evitar frustrações e desentendimentos. Vamos a elas:

  • Tenha em mente que você e os seus flatmates (ou as pessoas que dividem casa com você) podem passar a ser bons amigos mas ainda não o são. Espere a ordem natural das coisas e não force a barra. E tudo bem se vocês não forem melhores amigos também. O importante é o respeito mútuo e conviver tranquilamente.
  • Obedeça a lei do silêncio. Em geral, o ideal é não fazer barulho antes das 7h e depois das 21h.
  • Não seja inconveniente. Respeite o espaço dos demais integrantes da casa e não pegue e use coisas que não lhe pertencem.
  • Não entre num quarto que não é o seu a menos que a pessoa dona do quarto peça.
  • Se for levar visitas em casa, avise os demais integrantes da casa.
  • Se você dividir o quarto com mais alguém, conheça a rotina da outra pessoa e se programe para não ter que acender a luz enquanto a outra pessoa dorme ou estuda.
  • Pague o aluguel sempre em dia para evitar problemas. More em uma casa que você sabe que dará conta de pagar, mesmo que mais simples, porque aqui não vai ter choro que resolva. Tem que pagar em dia.

 

CUIDADOS DOMÉSTICOS

1204347184_f

  • Crie uma lista das atividades domésticas que tem que ser feitas e divida uma tarefa pra cada membro da casa por semana. Assim essa pessoa fica responsável por uma área e não fica pesado pra ninguém.
  • Clean after yourself, eles dizem aqui na Austrália. Ou seja, limpe o que sujou. Sempre que sair de algum cômodo comum dê uma olhada pra ver se não esta deixando rastros de sujeira, o que pode incomodar e muito os demais integrantes da casa.
  • Se organize para lavar roupas uma vez por semana, assim você não gasta muita energia elétrica (economiza uma graninha) e também deixa a lavanderia disponível pra outras pessoas usarem.
  • Se você divide a casa com muitas pessoas (mais de quatro pessoas), tente cozinhar somente uma vez por dia para deixar a cozinha disponível para os demais moradores. Quando cozinhar, faça comida o suficiente para o dia todo.

 

MERCADO E ALIMENTAÇÃO

  • Se organize para cozinhar ou você acabará se alimentando muito mal. Separe um tempo na sua semana para cozinhar algumas coisas e já deixar pronto na geladeira pra quando bater aquela fome.
  • No dia a dia, separe um tempo para preparar o que você vai comer no dia e, se for o caso de ficar o dia inteiro fora de casa, fazer suas marmitas.
  • Se você não sabe cozinhar, aprenda o básico. Confira algumas dicas e receitas aqui e aqui.
  • NUNCA vá ao mercado de estômago vazio.
  • Faça uma lista com os itens que você precisa comprar para evitar compras desnecessárias
  • Opte por refeições saudáveis, com proteína, carboidrato e fibras. Coma sempre frutas e vegetais para não deixar sua imunidade cair.
  • Fuja dos fast foods.

 

ESTUDOS

Student reading a book and writing the notes

  • Agora não vai ter ninguém batendo na sua porta ou chacoalhando o seu pé se você não acordar pra ir pra escola. Porem, presença na aula é fundamental para que o seu visto esteja válido e não ir pra escola pode trazer consequências imensas, além de não aprender nada, claro. Por isso, garanta uma quantidade adequada de horas de sono todas as noites.
  • Se alimente antes de ir para a escola. Isso te dará mais energia para o dia.
  • Separe algumas horas na sua semana para estudar o que você esta aprendendo na escola e maximize o seu aprendizado.
  • Não coloque trabalho na frente dos estudos. Por questões de visto, isso pode gerar um grande problema, além de interferir no seu objetivo de estudo durante o intercâmbio.

 

TRABALHO

maxresdefault

  • Não entre em pânico na primeira semana de intercâmbio. O ideal é que você consiga se manter por cerca de três meses antes de arrumar um trabalho, pois são muitas as adaptações assim que você chega em outro país.
  • Grande parte das escolas de inglês têm aulas extras ensinando a como fazer um currículo em inglês. Aproveite essas aulas e faça um currículo adequado, de acordo com as regras australianas.
  • Faça o ABN (Australian Business Number) e o TFN (Tax File Number) que são os registros que você precisa para trabalhar como autônomo ou registrado, consecutivamente. Você pode clicar aqui para aplicar para o ABN ou aqui para o TFN. Contudo, grande parte das agências e escolas ajudam na hora de aplicar para esses registros. Confira com sua escola/agência caso você não tenha um nível de inglês avançado (já que os sites para faze-los é em inglês).
  • Faça cursos para se especializar no que você quer trabalhar, caso você já saiba. Para quem tem uma especialidade pode ser mais fácil de conseguir trabalho. (Ex.: barista, barman, garçon/garçonete, cozinheiro(a)/chef)
  • Esteja preparado para trabalhos físicos. Aos poucos, conforme seu nível de inglês melhora, os trabalhos vão ficando mais próximos do que você gosta de fazer, mas no inicio não temos muitos contatos, inglês fluente ou formação em cursos da Austrália, então as vagas mais que mais aparecem são em trabalhos físicos.

MÉDICO

  • Você virá pra Austrália com o seguro de saúde OSHC, que e obrigatório, dá cobertura para emergências e cobre parcialmente alguns tipos de consulta médica.
  • Você pode também fazer um seguro particular que te dará uma cobertura mais ampla, de acordo com o plano que escolher.
  • Se você toma anticoncepcional ou algum outro remédio regularmente, é indicado que leve na mala o suficiente para o tempo do intercâmbio, ou então você precisará passar com um médico especialista para te dar a receita dos remédios. Não colocar a receita na mala. Eles podem solicitar na chegada ao país.
  • Se você só tem o OSHC , precisa ir ao médico mas não é uma emergência, a melhor opção é ir a uma clínica. Algumas farmácias tem consultórios médicos. No hospital pode ser que eles te cobrem a consulta (as vezes o OSHC reembolsa, mas as vezes não) e no consultório as consultas podem ser mais baratas.

 

SAUDADE

  • Uma das maiores dificuldades para o intercambista é também o espaço que permite que muitos relacionamentos melhorem. A não convivência diária harmoniza muitas relações familiares e te dá tempo para refletir sobre como você age ou reage aos entes queridos.
  • Ela vai existir e vai ser bem forte por um tempo que varia de pessoa pra pessoa. Depois, você aprende a conviver com ela e deixa de ser uma dor ou um peso.
  • De toda forma, a tecnologia esta aí pra isso. Skype, Whatsapp, Facebook, Snapchat e Instagram encurtam distâncias.
  • Ensine seus familiares a mexerem nesses aplicativos para evitar transtornos mais tarde.
  • A distância também é um momento de refletir seus valores, você como indivíduo, se redescobrir e enxergar seu próprio caminho, sem a influência tão latente dos outros. Aproveite!

 

AMIZADES

15-tipos-amigos-amistad-amor-motivacion-inspiracion-4

  • As grandes cidades da Austrália estão cheias de estudantes que deixaram tudo em seus países para essa aventura. Você conhecerá muita gente nova e terá a oportunidade de conviver com pessoas muito diferentes de você.
  • Respeite sempre as diferenças e não imponha os seus costumes sobre os outros. Não existe certo e errado quando o assunto é cultura.
  • Você vai conhecer muita gente, mas não precisa se tornar amigo(a) de todas elas. Escolha seus amigos e melhores amigos a dedo. Eles representam grande parte do seu intercâmbio e você não vai querer arruiná-lo, certo?
  • Pode ser que demore mais para conhecer as características de cada pessoa quando não temos nenhum contexto sobre ela. Não apresse as coisas e se assegure de que não esta andando com as pessoas erradas.
  • Seus amigos se tornarão sua família. Você vai conhecer uma nova categoria de amizade. Pode ter certeza, você os levará nas suas melhores lembranças para sempre.

FINANÇAS

mobills-orcamento-familiar

  • Quando chegar na Austrália, abra uma conta em um dos bancos de sua escolha. Os bancos mais populares são Commonwealth Bank, Westpac, Suncorp, ANZ e NAB. Você pode chegar na agência mais próxima e pedir para abrir uma conta de estudante, que é livre de taxas. Isso facilitará inclusive para empregadores te pagarem e para você organizar o seu dinheiro. Algumas escolas/agências dão suporte em relação a isso e tem um dia na semana em que acompanham os estudantes até a agência bancária para abrir a conta. Confira com sua agência de intercâmbio caso você se sinta mais seguro(a) tendo um suporte.
  • Faça uma lista ou planilha – o que você ficar mais confortável – com os seus gastos semanais. Com isso, você terá ideia do quanto pode gastar com o básico como alimentação e aluguel e quanto pode ser destinado ao lazer.
  • Tenha um registro do quanto você precisa receber de cada empregador. Em trabalhos casuais é comum trabalhar para mais de uma empresa/pessoa e perder o controle do quanto se tem para receber.
  • Evite o uso de cartões de crédito brasileiros. Primeiramente porque as taxas são altas e segundo porque a chance de você perder o controle das suas finanças é grande.
  • Não se empolgue com liquidações, elas acontecem a toda hora. Compre somente o que for necessário ou que você esteja planejando comprar. Nunca por impulso.

 

Sobre o autor

Ligia Ruy

Deixe seu comentário

20 + 10 =